Como Escolhe o Melhor Tratamento e Remedio para Varizes

Tempo de leitura: 9 minutos

Dados de pesquisadores indicam que um terço da população mundial sofre com esse problema. Isso é muita gente, se formos pensar que no mundo existem mais de 7 bilhões de pessoas.

Além disso, quando o assunto é varizes, outra característica observável é que há grupos da população que sofrem mais e procuram mais frequentemente um especialista. Eles são, via de regra, do sexo feminino – e dentro desse grupo, principalmente as gestantes.

Por causa disso, nesse artigo vamos procurar mostrar porque normalmente esse grupo é o que vai atrás de remédio para varizes. Afinal, se essa é uma doença que tem o potencial de afetar a todos, por que um grupo se preocupa mais do que outro?

Como complemento, vamos ajudá-la a escolher o melhor tratamento e entender o que é bom para varizes e em que caso é necessário uma cirurgia de varizes. Essas informações, claro, tem por objetivo trazer mais informações para o leitor, principalmente aquelas que podem ser tomadas por conta própria (como alimentação). A consulta com o médico é essencial para o diagnóstico e a definição do melhor tratamento para cada caso.

 

Varizes na gravidez

Se as mulheres são as principais afetadas por essa doença e quem mais procura se informar sobre o que é bom para varizes, há ainda um grupo dentro delas que sofre mais. Esse é o caso das grávidas. Pesquisas apontam que em cada três gestantes pelo menos uma sofre com esse problema.

Lembramos que varizes acontecem quando as nossas veias ficam dilatadas e podem causar uma série de sintomas ruins. As grávidas sofrem com isso mais do que outros grupos por alguns motivos principais:

  • Alterações hormonais no corpo da mulher, já que hormônios como a progesterona têm seu nível aumentado.
  • Durante a gestação há mais sangue que circula pelo corpo.
  • O abdômen aumenta de tamanho, fazendo com que igualmente se aumente a pressão sobre os vasos sanguíneos da região da pelve. A consequência disso é o aumento dos vasos dessa parte do corpo e de membros inferiores, notadamente as pernas.
  • O aumento de peso faz também pressão sobre as veias, crescendo as chances de desenvolver a doença.

Para evitar ser acometida por essa enfermidade e não precisar tomar remédio para varizes nem ter de fazer cirurgia de varizes, também são sugeridas algumas medidas:

  • Evitar ficar com peso maior do que o limite que o seu médico estabeleceu como ideal.
  • Utilizar meia elástica, já que elas facilitam a passagem do sangue ou deixar as pernas para o alto.
  • Ter práticas como massagem linfática.
  • Não ficar na mesma posição por muito tempo.
  • Não deixar de fazer exercícios físicos (claro, sem esforço ou peso excessivo), para que haja melhor circulação.
  • Usar sapatos que estimulem a musculatura e a circulação do sangue na região das panturrilhas, caso dos sapatos de 3 a 5 cm.

De forma geral, os especialistas concordam que não há riscos muito grandes em se ter varizes durante o período de gestação. Isso nem para você e nem para o seu bebê. Inclusive, se for feito tudo certinho e seguir o que é bom para varizes conforme estamos dizendo, é possível que elas sumam após o nascimento da criança. Não é comum que problemas mais graves, como aqueles em que se tornaria necessária uma cirurgia de varizes, aconteça. Ainda assim, é sempre bom conversar com seu médico sobre a conduta que você pretende adotar.

Quais São os Tratamentos Aconselhados Para Varizes?

Como pode ser compreendido do que estamos expondo aqui, o que é bom para varizes mesmo é evitar que elas aconteçam. Ainda assim, se você já está com o problema, nem sempre são necessárias medidas clínicas com remédio para varizes ou cirurgia de varizes.

As melhores medidas são aquelas de cuidado próprio, que são a base do tratamento na maioria das vezes, em especial nos casos de grau mais leve. Já naqueles que são mais graves, podem ser necessárias medidas como remédio para varizes.

Essas medidas de cuidado próprio são muito semelhantes àquelas que expomos para as mulheres que estão na gestação. Isto é, exercício físico consciente, não ficar muito acima do seu peso ideal, não utilizar roupas que sejam muito apertadas pois dificultam a circulação sanguínea, evitar períodos muito grandes parado e deixar as pernas para cima quando possível.

Se isso é o mais básico que pode se fazer, também há outras práticas que podem nos ajudar quando estamos com esse problema ou queremos evitá-lo. Se você suspeita que também pode ter, é sempre bom adotar esses comportamentos e ajustar a alimentação para o que é bom para varizes. Esses são bons comportamentos e alimentos ou suplementos naturais, que não causam mal algum – pelo contrário, ajudam o corpo como um todo.

Se o caso já estiver mais avançado, outras medidas podem se somar a essas básicas (que sempre devem ser seguidas). É o caso das seguintes:

  • Escleroterapia: nessa terapia, o médico angiologista ou o cirurgião vascular vão procurar eliminar ou diminuir a veia através de medicamentos esclerosantes dentro do vaso.
  • Cirurgia: cirurgia de varizes é algo complicado. São vários os métodos (cirurgia convencional, cirurgia com anestesia local, radiofrequência, laser, espuma eco guiada), de acordo com o gosto do paciente e de como o médico acha mais necessário para a gravidade do caso e para a manutenção de uma aparência estética. O valor também variz de acordo com a gravidade, mas pode ser bem salgado em alguns casos. Por isso que esse é somente utilizado em casos extremos.

Os Medicamentos Usados em Varizes

O remédio de varizes varia conforme o caso. E conforme viemos salientando, nem sempre é necessário, sendo utilizado apenas de acordo com a gravidade do caso.

Salientamos que você deve ter o cuidado que mesmo quando o remédio é necessário, não se deve deixar de lado as práticas comportamentais e alimentícia a que nos referimos. Ainda assim, separamos os principais medicamentos utilizados:

  • Hemovirtus
  • Diosmin
  • Hirudoid

O paciente nunca deve se auto medicar. Somente o médico vai falar se é caso para o uso de medicamentos. Utilizá-los sem se informar com um especialista somente vai piorar a questão. Se você sofre com os sintomas, marque uma consulta e já vá adaptando sua alimentação, comprando um suplemento se achar necessário (normalmente eles vêm com nutrientes especiais para a doença) e ajustando seu comportamento para um mais preventivo e de controle. De toda forma, você vai poder continuar tendo essas medidas para sempre.

Leia também:
Conheça as Causas e o Tratamento Para Varizes
Quem é o Medico de Varizes e Como Ele Atua

Suplemento para o auxílio contra Varizes

Após o diagnóstico, chega a hora de tratar as varizes. É nesse momento em que podem ser necessários diversos tratamentos, a serem indicados pelo médico. Dependendo do quadro, muda o tratamento.

No entanto, o produto Veinfix, por ter uma base natural (e portanto sem efeitos colaterais) é indicado para todos os casos. Ele pode servir como base para um tratamento ou acompanhar outros métodos. Esse produto é testado e funciona mesmo. Ele é capaz de ajudar no seu tratamento, se utilizado da maneira correta.

O Veinfix é um suplemento aconselhado por especialistas e com avaliações positivas em alguns dos principais meios de comunicação do país. Com cápsulas de ingrediente natural, tem funcionamento anti-inflamatório que atua na proteção das paredes das veias.

Composição do Veinfix

É completamente natural, com o ingrediente exclusivo que vem do extrato da semente chamada Vitis Vinifera. É complementado também com o ácido linoleico vindo do ômega 6 e outras vitaminas. Isso que faz com que efeitos adversos vindos de remédios convencionais sejam evitados – sem prejuízos à saúde, portanto. Além disso, mostra-se um produto que tem resultado na prevenção e no tratamento de varizes, o que é o mais importante.

Como funciona o Veinfix

Sua atividade anti-inflamatória faz com que as paredes das veias fiquem protegidas. A consequência disso é que há melhora da circulação do sangue nas veias resultando em inchaço reduzido e o desconforto melhorado.

Comparação do Veinfix com outros métodos

há métodos que atuam apenas nos sintomas do problema (ou seja, diretamente na dor, nos incômodos, etc), enquanto o Veinfix tem uma atuação diferente. Esse suplemento atua na raiz da questão, resolvendo de vez e acabando com os sintomas e com a aparência causada por essa enfermidade. Dessa forma, não é necessária uma cirurgia que seja dolorosa e com custo elevado no seu tratamento de varizes.

Vitis Vinifera

Elemento principal da composição. As pesquisas com essa substância começaram quando foi visto que produtores de vinhos da França que faziam infusões e emplastros com esse elemento dificilmente tinham esse problema em suas veias. O Veinfix consegue concentrar a forma mais concentrada e potente desse extrato, potencializando os benefícios.

Benefícios do Veinfix

Com o uso do Veinfix, os sintomas que fizeram você procurar como acabar com as varizes vão embora. Sem dores, pele suave e lisa, sem inchaço e queimação. Além dos benefícios no seu corpo provocados pelo suplemento, há também a questão psicológica. Sem dores e sem as manchas das veias sua autoestima tende a melhorar, trazendo mais disposição e produtividade no dia a dia.

  1. Combate as VARIZES!
  2. Acaba com as dores e formigamentos!
  3. Mantem a pele lisa e uniforme!
  4. Melhora a circulação sanguínea!
  5. 100% natural!

Como usar o Veinfix

Deve ser ingerida diariamente uma cápsula do produto antes do almoço e mais uma antes do jantar.

Sem Contraindicações

O Veinfix não provoca efeitos colaterais. No entanto, lembramos que  gestantes, lactantes e menores de idade sempre devem procurar um médico antes de consumir qualquer produto.

Veja os resultados de alguns clientes que usaram o Veinfix

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Quer COMBATER as VARIZES?


Fonte: Quero Saúde Sempre

Como Escolhe o Melhor Tratamento e Remedio para Varizes
Avalie esse artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *