Como Entender o Que Diz o Seu Especialista Em Varizes [ Saiba Tudo ]

Tempo de leitura: 10 minutos

Essa é uma doença extremamente incômoda. Ela faz com que quem sofre com ela tenha dores, queimações e desconfortos. Isso além da aparência que deixa na pele.

As varizes aparecem acometendo nossos uma parte dos nossos vasos sanguíneos, que são as veias. Elas surgem por motivos diferentes e são caracterizadas em tipos e graus distintos, de acordo com o sintoma do paciente. Há fatores de risco associados também, que podem piorar ou provocar o seu surgimento.

Nesses casos, buscamos muitas vezes como eliminar varizes a partir de medicamento para varizes. No entanto, há uma série de tratamentos disponíveis, que vão desde os mais invasivos (como a cirurgia) até os mais naturais (como comportamentos e suplementos nutricionais que favorecem a circulação do sangue e a proteção das veias).

Para evitar a confusão na hora da consulta com o médico, separamos algumas informações que ele provavelmente pode dar e procuramos explicá-las numa linguagem mais acessível para quem é leigo. Também fizemos a sugestão de algumas atitudes que são recomendadas para evitar ter o problema ou para evitar que ele piore, caso já o tenha.

Tipos de Varizes por Gravidade

Quando vamos procurar um especialista em varizes normalmente é porque já estamos muito incomodados com os sintomas dessa doença. Não precisamos, no entanto, deixar chegar a essa situação. Se já sabemos, por exemplo, que na nossa família há uma predisposição genética à doença ou a outras enfermidades que geram essa doença, então já podemos ir procurando como eliminar varizes e suplemento e medicamento para varizes.

Os sintomas dessa doença, como o formigamento, a queimação, as dores, as manchas, entre outras, surgem e podem variar de intensidade e de grau, ocasionando até problemas mais graves. Essas características variam e podem ser associadas a quatro grandes grupos, que o especialista em varizes vai avaliar na hora do diagnóstico:

  • Tipo 1: também conhecida pela sigla IVIPE (Insuficiência Venosa de Importância Predominantemente Estética) são veias finas acometidas, podendo ser grande ou pequena em tamanho, indo dos membros inferiores às costas. Elas não tem grandes riscos imediatos, embora sejam um problema de saúde e possam piorar em grau em longo prazo – lembre-se de que elas pioram progressivamente se não procuramos como eliminar varizes. Esse tipo prejudica mais a autoestima dos pacientes, até por isso esse nome.
  • Tipo 2: seu outro nome é Insuficiência Venosa Funcional e Estética (IVIFE) e já vão em veias maiores, de médio a grande calibre. Como o nome sugere, aqui já apresenta sintomas como incômodos e dores, apesar de ainda estar associado o fator estético. O especialista em varizes, nesse caso, já vai pensar em passar um tratamento que pode envolver medicamento para varizes ou simplesmente suplementos com nutrientes essenciais e bons comportamentos. Ele deve cuidar muito bem na escolha de um tratamento pouco invasivo, pois se há a preocupação estética, não adianta muito curar a doença mas deixar marcas como cicatrizes. Se puder ser algo natural, melhor.
    • Tipo 3: também conhecido como Insuficiência Venosa Funcional Assintomática (IVFA) já começa a ser mais preocupante. Aqui a grande preocupação já começa a ser mais a parte funcional. Ou seja, do corpo em si e suas complicações físicas, sem ter necessariamente uma preocupação estética. Ainda assim, se você também quer cuidar da estética, é possível pedir para o médico cuidar com o maior zelo possível. Nesse caso o especialista em varizes pode indicar um tratamento que combine medicamento para varizes com outras boas práticas.
  • Tipo 4: esse tipo é o que você tem se o seu médico falou em Insuficiência Venosa Funcional Sintomática – ou se simplesmente no prontuário preencheu com a sigla IVFS. Aqui, a grande preocupação é de fato como eliminar varizes. É imperativo, muito necessário, que você busque o tratamento adequado. O médico irá lhe indicar alguma coisa clínica (como medicamento para varizes) ou cirúrgica, mas isso não quer dizer que você deve se limitar a isso. Ele certamente vai gostar e aprovar se você também mudar seu comportamento para melhor e ingerir nutrientes que melhoram a circulação nos vasos sanguíneos.

Varizes Pélvicas e Varizes Esofágicas

Existe ainda uma outra classificação, que remete às origens das varizes quanto ao local. Isto quer dizer que é uma classificação diferente. Enquanto essa acima tem como base, de forma resumida, o grau de incômodo gerado pela doença, essa classificação de baixo é feita em função do lugar onde as varizes estão localizadas. Fizemos essa classificação para que você entenda melhor o que o seu médico lhe diz.

  • Varizes pélvicas: pelve nada mais é do que a região próxima onde fica a nossa cintura. Isso quer dizer que se o seu médico disser esse termo, ele está se referindo a varizes que você tem ali. Nesse caso, provavelmente você já tem sintomas como dores intensas, incontinência urinária e desconforto após se relacionar sexualmente.
  • Varizes esofágicas: igualmente sugestivo pelo nome, essas estão na região do esôfago. A diferença é que nem sempre a pessoa tem sintomas. Quando eles surgem, são vômitos com sangue, tonturas, fezes com sangue e desmaios. Muitas vezes esse diagnóstico está relacionado à cirrose hepática, que obstrui algumas veias dessa região do corpo.

É importante ressaltar que nesses casos também é muito importante ficar atento a como eliminar varizes. Elas podem ser graves. Do mesmo modo, no entanto, podem ser evitáveis. Tenha bons comportamentos para evitá-las, coma coisas saudáveis e, se necessário, consulte o seu médico.

Leia também Prevenindo e Tratando Varizes Nas Pernas

Já Tenho Varizes, e agora?

Se esse é o seu caso, se você já tem as varizes e quer saber como tentar controlar a situação ou evitar que ela passe de um grau baixo para outro mais alto, selecionamos algumas dicas especiais.

  • Dicas básicas: você pode procurar alimentos ricos em vitaminas e nutrientes que auxiliam na circulação e no alívio dos sintomas, pode usar meias de compressão, deve praticar exercícios físicos (sem força exagerada), pode deixar as pernas elevadas se forem ali suas varizes e deve evitar ficar muito tempo sentada ou parada em pé na mesma posição.
  • Em contusões: coloque gelo imediatamente após se machucar, para evitar sangramentos e hematomas. Isso é importante especialmente nas primeiras horas.
  • Corte: se você cortar a pele ou sofrer um arranhão, pode acabar sangrando, e em grande quantidade. Deixa sua perna (ou membro acometido) no alto, ao mesmo tempo em que fizer pressão para estancar o sangue. Não esqueça de limpar o local e fazer um curativo bem higienizado. Fique segurando até estancar. Se achar que não está resolvendo, procure um médico.
  • Coágulo: caso você consiga notar ou tenha a suspeita de que houve formação de coágulo em uma das veias que tem varizes, procure um especialista em varizes.

Seguindo essas dicas, dá para resolver boa parte dos problemas em casa, sem se preocupar em ter de ir ao hospital ou ao médico. Mesmo assim, se sentir que há necessidade, não hesite. No entanto, se você já possui um bom comportamento e toma os suplementos nutricionais adequados, é mais difícil que tenha de recorrer a um especialista.

Suplemento para o auxílio contra Varizes

Após o diagnóstico, chega a hora de tratar as varizes. É nesse momento em que podem ser necessários diversos tratamentos, a serem indicados pelo médico. Dependendo do quadro, muda o tratamento.

No entanto, o produto Veinfix, por ter uma base natural (e portanto sem efeitos colaterais) é indicado para todos os casos. Ele pode servir como base para um tratamento ou acompanhar outros métodos. Esse produto é testado e funciona mesmo. Ele é capaz de ajudar no seu tratamento, se utilizado da maneira correta.

O Veinfix é um suplemento aconselhado por especialistas e com avaliações positivas em alguns dos principais meios de comunicação do país. Com cápsulas de ingrediente natural, tem funcionamento anti-inflamatório que atua na proteção das paredes das veias.

Composição do Veinfix

É completamente natural, com o ingrediente exclusivo que vem do extrato da semente chamada Vitis Vinifera. É complementado também com o ácido linoleico vindo do ômega 6 e outras vitaminas. Isso que faz com que efeitos adversos vindos de remédios convencionais sejam evitados – sem prejuízos à saúde, portanto. Além disso, mostra-se um produto que tem resultado na prevenção e no tratamento de varizes, o que é o mais importante.

Como funciona o Veinfix

Sua atividade anti-inflamatória faz com que as paredes das veias fiquem protegidas. A consequência disso é que há melhora da circulação do sangue nas veias resultando em inchaço reduzido e o desconforto melhorado.

Comparação do Veinfix com outros métodos

há métodos que atuam apenas nos sintomas do problema (ou seja, diretamente na dor, nos incômodos, etc), enquanto o Veinfix tem uma atuação diferente. Esse suplemento atua na raiz da questão, resolvendo de vez e acabando com os sintomas e com a aparência causada por essa enfermidade. Dessa forma, não é necessária uma cirurgia que seja dolorosa e com custo elevado no seu tratamento de varizes.

Vitis Vinifera

Elemento principal da composição. As pesquisas com essa substância começaram quando foi visto que produtores de vinhos da França que faziam infusões e emplastros com esse elemento dificilmente tinham esse problema em suas veias. O Veinfix consegue concentrar a forma mais concentrada e potente desse extrato, potencializando os benefícios.

Benefícios do Veinfix

Com o uso do Veinfix, os sintomas que fizeram você procurar como acabar com as varizes vão embora. Sem dores, pele suave e lisa, sem inchaço e queimação. Além dos benefícios no seu corpo provocados pelo suplemento, há também a questão psicológica. Sem dores e sem as manchas das veias sua autoestima tende a melhorar, trazendo mais disposição e produtividade no dia a dia.

  1. Combate as VARIZES!
  2. Acaba com as dores e formigamentos!
  3. Mantem a pele lisa e uniforme!
  4. Melhora a circulação sanguínea!
  5. 100% natural!

Como usar o Veinfix

Deve ser ingerida diariamente uma cápsula do produto antes do almoço e mais uma antes do jantar.

Sem Contraindicações

O Veinfix não provoca efeitos colaterais. No entanto, lembramos que  gestantes, lactantes e menores de idade sempre devem procurar um médico antes de consumir qualquer produto.

Veja os resultados de alguns clientes que usaram o Veinfix

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Quer COMBATER as VARIZES?


Fonte: Quero Saúde Sempre

Como Entender o Que Diz o Seu Especialista Em Varizes [ Saiba Tudo ]
Avalie esse artigo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *